A Grande Loja Unida de Portugal, afirma-se e integra-se numa sociedade de mudança e em constante evolução

Na minha qualidade de Grão Mestre da Grande Loja Unida de Portugal, dou as boas vindas a todos quantos se aproximam de nós através da internet, confiando que aqui, na nossa página oficial, encontrarão as respostas às questões que vos impulsionaram a visitar-nos.

Esta página foi criada com o intuito de proporcionar a todos os interessados informação básica, mas essencial sobre a Maçonaria, nomeadamente no que concerne à Grande Loja Unida de Portugal, os seus princípios, atividades e projetos.

A Maçonaria teve, ao longo da história, um papel essencial no avanço da humanidade, na defesa e luta pela liberdade e pela dignidade das condições de vida.

Porque é essencial preservar esse rumo, a Maçonaria continua a fazer sentido enquanto caminho de aperfeiçoamento individual, partilha de vivências e contributo para a melhoria da vida individual e em comunidade. Neste sentido, a Maçonaria é e deve continuar a ser, de forma mais interveniente, uma escola de valores e de princípios; uma academia de preparação de liderança em que prevaleçam os princípios da Liberdade, Igualdade, Fraternidade e Verdade; um espaço de liberdade, de pensamento, de debate e inovação e de criação de projetos que, uma vez concretizados, contribuam para a melhoria global da sociedade.

A Grande Loja Unida tem sempre presente que um dos objetivos pelos quais lutamos é o de superar as necessidades e dificuldades dos nossos semelhantes através da beneficência.

O Principio e Objetivo Primordial da Grande Loja Unida de Portugal é a Regularidade, através da recuperação dos Landmarks, bem como dos princípios e valores da maçonaria regular em toda a sua virtude. Importa aqui recordar que, na sua génese, estão muitos dos maçons que foram os responsáveis pela implantação da Maçonaria Regular em Portugal, pelo que, a Grande Loja Unida de Portugal, desenvolve os seus trabalhos no escrupuloso cumprimento dos Landmarks da Maçonaria Regular e respeitando as antigas tradições dos Maçons, sendo depositária das suas tradições ao longo dos tempos.

A Grande Loja Unida de Portugal, afirma-se e integra-se numa sociedade de mudança e em constante evolução. Afirma-se num Novo Mundo com uma nova forma de estar e de se fazer representar. Uma Maçonaria que se liberta das formalidades desnecessárias, que se mostra aberta às novas gerações e que quer fazer parte e contribuir para a mudança.

A Grande Loja Unida de Portugal é uma Instituição aberta e apoia todos aqueles que desejam ter um papel relevante, intreventivo e positivo em Portugal, no uso dos seus direitos e deveres de cidadania, sem que para isso  necessitem de recorrer à lógica dos partidos políticos.

A Grande Loja Unida de Portugal, pretende dar espaço à cidadania, para que Homens livres e de bons costumes venham ao nosso encontro e nos ajudem a intervir de forma séria e empenhada na construção de uma nação e sociedade portuguesas melhores.

Os Maçons não podem faltar a esta chamada que Portugal nos faz. Exigir e pugnar por uma sociedade mais justa, onde a corrupção não exista e onde a fraternidade seja uma realidade vivida. Portugal, necessita de Homens que sintam orgulho do seu país e que, pelo seu exemplo, o possam fazer melhorar enquanto nação.

“Quase nada do que houve de portador de futuro, de esperança, de sonho, foi realizado em Portugal sem o contributo de Homens que partilharam estes valores…”

A Grande Loja Unida de Portugal é a Instituição maçónica responsável pela prática e desenvolvimento do Rito Português. A prática do Rito Português, em tudo respeitadora da tradição maçónica, faz ressaltar, sempre dentro da regularidade, a individualidade da nação portuguesa e da sua grandeza, ao serviço de Portugal, interna e externamente, sendo veículo da sua história e cultura. De referir, a este propósito, que a adoção de ritos nacionais, cumpridores da regularidade, é uma prática crescente em todo o mundo, sendo naturalmente aceite entre países, dentro da noção de que, embora dispersa, a maçonaria é uma só, mundial, fraternalmente unida e em irmandade praticada.

Neste sentido, como um de vós que sou, incentivo-vos a ser atentos, serenos e interventivos, convictos de que o esforço de abraçar esta Grande Loja Unida de Portugal deve estar orientado para o primado da Liberdade, Igualdade, Fraternidade e Verdade.

Em terra, como no mar ou no ar.

Trabalhando pela Paz e sempre pela dignidade humana.

Onde quer que exista um Maçon, aí estará presente o melhor de Portugal.

E Portugal agradecer-nos-á este testemunho patriótico na sua defesa.

Endereço a todos uma saudação fraternal. A todos quantos se revejam nestes propósitos e que connosco queiram trilhar novos caminhos pela construção de uma sociedade mais justa, livre e com pleno conhecimento, assente no primado Educação e Cultura. Mas também, uma saudação especial a todos os Maçons espalhados pelo mundo e em especial a cada um dos membros da Grande Loja Unida de Portugal, aos quais apelo a que continuem a busca pela perfeição, constante da nossa Instituição.

Paulo Cardoso

Grão-Mestre

img