1717 :. 2017 – 300 Anos pela Liberdade e Solidariedade

A Maçonaria, pelo facto de ter assumido como principio o combate pela liberdade e a solidariedade com todos aqueles a quem esta era negada, é das poucas instituições não reconhecidas e perseguida pelos regimes totalitários há cerca de 300 anos. A Maçonaria perfilha os princípios da Liberdade, Fraternidade e Igualdade entre todos os Homens livres e de boa vontade, fomenta-os junto dos seus membros, incentivando-os a que os promovam e apliquem na sua conduta, dentro da sociedade em que se inserem. Pretende, deste modo, contribuir para o  desenvolvimento são, justo e harmonioso de todos os Homens, independentemente do seu credo, raça, género ou condição.

Este é o verdadeiro significado e afirmação da Maçonaria no Mundo, coerente e unificadora entre o seu passado, presente e futuro, assumindo assim o papel de defensora da Liberdade e da Solidariedade, valores relativamente aos quais nunca deixará de responder, hoje, como ontem e amanhã,  junto de todos os Homens.

A Grande Loja Unidade de Portugal, assumindo-se como uma obediência Maçónica completa e fiel cumpridora de todos os Milestones da Maçonaria Universal, não poderia deixar de aproveitar a celebração dos 300 Anos da defesa destes valores e princípios para os enaltecer, associando assim diretamente a sua imagem, com a data e conceito de tão extraordinária efeméride, fundindo-os de modo a constituírem um único elemento que doravante estará presente em toda a sua comunicação.

Dia Internacional da Maçonaria e do Maçon

A 22 de Fevereiro de 1994 realizou-se em Washington, capital dos Estados Unidos, a Reunião Anual de Grão-Mestres das Grandes Lojas da América do Norte, com a presença de representantes das principais Obediências da Maçonaria Regular, das quais se destacam a Grande Loja Unida de Inglaterra, Grande Loja Nacional Francesa, Grande Loja Regular de Portugal, Grande Oriente da Itália e o Grande Oriente do Brasil.

No final dos trabalhos, o Grão-Mestre da Grande Loja Regular de Portugal, o R:.I:. Fernando Paes Coelho TeixeiraV, propôs a fixação do dia 22 de Fevereiro como o Dia Internacional da Maçonaria e do Maçon, a ser comemorado por todas as Obediências reconhecidas, proposta que foi aprovada por unanimidade. Recordamos que o dia 22 de fevereiro é a data comemorativa do nascimento de George Washington.

Assim, dando continuidade à tradição e prática de um conjunto de Grandes Lojas e de Lojas espalhadas por todo o Universo, que também recordam esta data, entendeu a Grande Loja Unida de Portugal, dada a responsabilidade que também lhe assiste em perpetuar o feito conseguido em 1994, realizar no seio da nossa Grande Loja um evento associado a esta data, um Ágape Branco, reunindo todos aqueles que partilham dos valores da Maçonaria.

Consagração da Grande Loja Unida de Portugal

Realizou-se no passado dia 4 de julho de 2016, a oriente de Sintra, a consagração da Grande Loja Unida de Portugal.
A data escolhida para a consagração da Grande Loja Unida de Portugal, teve em consideração a o dia 4 de julho de 1776, data da criação do primeiro País inspirado nos ideais maçónicos – Independência dos Estados Unidos da América.
Nesta consagração, estiveram presentes Irmãos nacionais e estrangeiros oriundos de várias Lojas da Maçonaria Regular.
A Carta Patente da Grande Loja Unida de Portugal foi entregue nesta data, depois de subscrita pelas Lojas Camões, Pátria e Marechal Teixeira Rebelo.